• www.mesaofrio.com.pt
  • www.mesaofrio.com.pt
  • www.mesaofrio.com.pt
  • www.mesaofrio.com.pt

História

Lazer

Vitivinicultura

Gastronomia

Artesanato

Casa da Rede

  • Versão para impressãoEnviar por E-mail

De todas as moradias brasonadas, o mais deslumbrante solar de da freguesia de Santa Cristina (e um dos mais importantes do concelho), é o Solar da Rede, que se encontra sobranceira ao rio Douro e rodeada ao poente por um extenso arvoredo. Entra-se na Casa da Rede por um pórtico de granito, de abóbada aberta, onde quatro grifos alados de colos de águia e garras de leão nos testemunham o esplendor dos nobres senhores feudais, que nela viveram até princípios do século vinte. A origem desta Casa, um dos Prazos enfitêuticos mais antigos do reino, remonta ao século XV, quando o príncipe D. Afonso, filho de D. João II, o renovou no ano de 1484 a Lopo Queirós, ascendente de Gonçalo Queirós, primeiro senhor da Casa da Rede.

Arquitectura civil residencial, barroca. Solar com painéis de azulejos pombalinos.
Descrição
Fachada principal possuindo ao centro do piso térreo fonte, encimada por janela de sacada do salão nobre, sobrepujada por pedra de armas, de tipo francês, com as armas dos Borges Cabrais. No piso superior organizam-se seis dos doze quartos, o salão nobre, a sala de leitura com tecto de masseira trabalhado, sala de jantar antiga e sala de snooker, também com tecto de masseira. Capela com coro-alto e brasão no remate do retábulo-mor.
Acessos
EN. 108 ( Mesão Frio - Régua) GPS: N41ᵒ9,785” – W7ᵒ52,462
Grau
5
Enquadramento
Peri-urbano. Insere-se numa quinta de produção agrícola, de vinhas, olivais e pomares. Frente ao solar desenvolve-se terreiro com vista previligiada sobre o Rio Douro, possuindo num socalco inferior o jardim labiríntico de inspiração francesa, com buxos recortados, centrados por taça com repuxo. O passeio das laranjeiras sobranceiro à piscina conduz à vinha e às casas de campo da quinta: a Casa das Maçãs, a Casa da Peixota, por detrás da qual se irá construir o jardim dos Sentidos, a Casa dos Noivos (com um heliporto do outro lado do caminho) a Casa da Pedra, a Casa da Julieta e a dos Caseiros. A 3 Km. fica a nova adega do solar, no Granjão, onde atracam os barcos.
Descrição Complementar
O solar tem doze quartos no edifício principal, quatro dos quais têm vista para o rio, e dezasete nas casas de campo. Os quartos de banho estão equipados com jacuzzi. Possui campo de ténis e piscina.
Utilização Inicial
Residencial
Utilização Actual
Turística: pousada

 


Propriedade
Privada: pessoa singular
Época Construção
Séc. 18
Cronologia
Séc. 18 - construção do solar; 1999 - inauguração como Turismo de Habitação; 2003 - unidade hoteleira passou a integrar a rede Pousadas de Portugal;
Características Particulares
Estabelecimento de hotelaria inserido na rede Pousadas de Portugal, integrado no grupo das Pousadas Históricas.
Dados Técnicos
Estrutura autoportante.
Bibliografia
MENDES, Dulce, CUPERTINO, João, Douro sobre azul in Notícias Magazine, 8 Junho 2003;
Intervenção Realizada
Proprietário: 1999 - Conclusão das obras de restauro, onde se incluiu o restauro dos painéis de azulejos; colocação dos painéis de azulejos da sala de jantar nova.
Fonte
S.I.P.A. por Paula Noé

 

Freguesias e Património

Mesão Frio oferece mais...