• www.mesaofrio.com.pt
  • www.mesaofrio.com.pt
  • www.mesaofrio.com.pt
  • www.mesaofrio.com.pt

História

Lazer

Vitivinicultura

Gastronomia

Artesanato

O Envelhecimento

  • Versão para impressãoEnviar por E-mail

O vinho é envelhecido utilizando casco, em garrafa, ou através de ambos. Alguns vinhos necessitam de envelhecimento, outros não. Vinhos brancos são engarrafados jovens para preservarem os seus aromas e frescura. Vinhos tintos de mesa embora levem um pouco mais de tempo para atingirem o ponto ideal para serem engarrafados, também devem ser engarrafados jovens, pois só tendem a perder com o envelhecimento. Os vinhos apresentam aromas diferentes, de acordo com o tipo e duração do envelhecimento: os mais jovens, de aroma frutado, adaptam-se às mais diversas ocasiões, enquanto os velhos, de aromas mais complexos, requerem situações com alguma solenidade.
Vinhos tintos finos devem permanecer por mais tempo nas pipas, pois como são mais estruturados e tem uma carga maior de taninos, necessitam envelhecer para ficarem mais redondos e macios. Normalmente utiliza-se o envelhecimento em barricas de carvalho transmitindo ao vinho sabor típico do carvalho e de baunilha. Após o engarrafamento o vinho tinto fino deve permanecer pelo menos mais quatro meses em descanso para ser bebido.
No tempo de envelhecimento o vinho do Porto tinto adquire vários tons de cor:
Retinto (full)
- vinho novo, encorpado, com acentuado sabor a fruto.
Tinto (red) - vinho ainda novo, tom avermelhado, vinoso, sabor e corpo semelhante ao retinto.
Tinto alourado (ruby) - vinho com oito a dez anos de envelhecimento e com cor de rubi.
Alourado (tawny) - vinho com quinze a vinte anos de envelhecimento, alourado, de tom amarelado, já pleno de qualidades, lotado e refrescado com outros mais novos para lhe darem frescura.
Alourado claro (light - tawny) - vinho de grande categoria, na fase final de envelhecimento, tendo atingido o auge das suas qualidades. Embora produto de várias e cuidadosas lotações, degenera se não for refrescado com vinhos mais novos que permitam a sua existência indefinida.
O vinho do Porto branco com o envelhecimento adquire os seguintes tons de cor:
Branco pálido
- vinho novo, com menos ácidos e menos corpo que o tinto. É mais macio de paladar.
Branco palha (Straw Coloured White) - vinho mais velho e carregado de cor que o branco pálido.
Branco Dourado - vinho com nuance de ouro velho correspondente ao máximo da sua qualidade, tendo de ser refrescado para se manter.

Prova de Vinhos

Mesão Frio oferece mais...