• www.mesaofrio.com.pt
  • www.mesaofrio.com.pt
  • www.mesaofrio.com.pt
  • www.mesaofrio.com.pt

História

Lazer

Vitivinicultura

Gastronomia

Artesanato

Mais Emoções

  • Versão para impressãoEnviar por E-mail

mesaofrio

Mesão Frio, feito de sonhos e de segredos, desenha um poema em cada curva como quem parte com desejos de voltar. Neste recanto doce e tranquilo faz-se silêncio para contemplar a imensa obra da natureza. Nada poderá perturbar estes momentos mágicos. As brisas perpétuas moldam as faces austeras dos rochedos e a natureza repousa eternamente. Há vinho Fino, Generoso e Porto, a escorrer destes montes até ao rio Douro. Fino, por condição e aspecto, Generoso, pelo compensar do brutal esforço do homem no seu cultivo, e Porto, por amor… só por amor. Sempre único, sempre inimitável. Chegou ao Douro, a partir daqui, é outro mundo, são outras gentes, são outros costumes, são outras as vontades.

 


“Há paisagens para ver, sim para ver, e outras para amar. Aquela, a do Douro, é para conviver, para irmanar e, muitas vezes para ensinar.”
Pina Morais

“Uma nesga de rio cintilava a todo o fundo, e era um espelho ora a quebrar-se ora a refazer-se do vivo lume. E nas abas dos lugares, soutos em flor erguiam na alvura espacial feiras de oiro, da mais abundante e fantástica joalharia.”
Aquilino Ribeiro
Andam Faunos pelos Bosques

“Para além, outros socalcos, de um verde pálido de reseda, com oliveiras apoucadas pela amplidão dos montes, subiam até outras penedias que se embebiam, todas brancas e assoalhadas, na fina abundância do azul. Jacinto acariciava os pêlos corredios do bigode: - O Douro hem?... É interessante , tem grandeza.”
Eça de Queirós
A Cidade e as Serras 

“Rio da minha aldeia…
Pelo chuvoso Inverno, maré cheia
Das lágrimas profundas do Marão…
Tu és, ó Rio, a dor da grande Serra;
O seu drama de fragas e de terra,
Esvaído em água torva de paixão!”
Teixeira de Pascoaes
Sempre

 

 

 

 



  

Freguesias e Património

Mesão Frio oferece mais...